terça-feira, 28 de outubro de 2014

Cientistas criam tatuagem de grafeno capaz de se comportar como display



Tatuagens temporárias, flexíveis e resistentes que funcionam também como pequenas telas. É esta a proposta de uma estrutura desenvolvida por um time de pesquisadores coreanos. A partir do uso de estruturas híbridas de grafeno, os cientistas conseguiram criar um eletrodo transparente capaz de se comportar de forma semelhante a displays.

Inúmeras aplicações por meio da invenção são projetadas: circuitos presos ao corpo de uma pessoa, telas que exibem informações acerca do desempenho físico de um paciente e até mesmo a adaptação do material para a criação de futuros displays flexíveis para smartphones ou relógios inteligentes são alguns dos horizontes vislumbrados pelos estudiosos.



“As tatuagens eletrônicas já existentes têm alguns problemas. A ‘pele eletrônica’ com esta tecnologia é feita com materiais transparentes, então é possível usá-la em praticamente qualquer lugar”, comenta Park Jang-ung, professor do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia de Ulsan (UNIST).

Fazem parte também da equipe de pesquisadores os centros de estudo Instituto Avançado de Ciência e Tecnologia da Coreia (KAIST) e também o Instituto de Pesquisas em Telecomunicações e Eletrônica. Mais informações sobre o projeto podem ser conferidas por meio do site The Korea Bizwire.

Nenhum comentário:

Postar um comentário